16.4.08

MP investiga contratação
de trabalhadores domésticos


O Ministério Público (MP) iniciou investigação sobre vários casos de alegado uso de documentos falsos para o pedido de trabalhadores domésticos estrangeiros, documentos esses disponibilizados pelo Gabinete para os Recursos Humanos.
De acordo com uma nota do MP, os suspeitos envolvidos terão ajudado pessoas para tratar das formalidades de pedido de trabalhadores domésticos estrangeiros em seu próprio nome junto do Gabinete para os Recursos Humanos usando documentos falsos, em troca de compensações.
O objectivo, acusa o MP, era ajudar alguém a obter a autorização para trabalhar e permanecer em Macau. A investigação terá apurado que os documentos comprovativos de rendimentos emitidos por várias companhias eram falsos, uma vez que os titulares destes documentos não eram trabalhadores das entidades emissoras ou que as entidades emissoras nunca existiam ou já deixaram de funcionar há muito tempo.

Edições Anteriores

Arquivo

DIRECTOR Paulo Reis REDACÇÃO Isabel Castro, Rui Cid, João Paulo Meneses (Portugal); COLABORADORES Cristina Lobo; Paulo A. Azevedo; Luciana Leitão; Vítor Rebelo DESIGN Inês de Campos Alves PAGINAÇÃO José Figueiredo; Maria Soares FOTOGRAFIA Carmo Correia; Frank Regourd AGÊNCIA Lusa PUBLICIDADE Karen Leong PROPRIEDADE, ADMINISTRAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO Praia Grande Edições, Lda IMPRESSÃO Tipografia Welfare, Ltd MORADA Alameda Dr Carlos d'Assumpção 263, edf China Civil Plaza, 7º andar I, Macau TELEFONE 28339566/28338583 FAX 28339563 E-MAIL pontofinalmacau@gmail.com